Resenha: “Contos de Machado de Assis – Vol. 2 – Adultério e Ciúme”

Autor: Machado de Assis

Editora: Record

Número de páginas: 207

Avaliação: 4.5 / 5

Sinopse:

No ano do centenário da morte de Machado de Assis, esta coleção é indispensável para a compreensão da obra do “Bruxo do Cosme Velho”. Pela primeira vez, seus contos são apresentados de forma sistemática, agrupados cronológica e tematicamente. Em lugar da reedição de coletâneas ou da organização de antologias dos “melhores”, foram reunidos contos que lidam com o mesmo tema. Assim, surge um novo Machado de Assis, descrito no desenvolvimento tanto do estilo que o imortalizou, quanto da visão do mundo que o tornou célebre.

A coleção “Contos de Machado de Assis”  reúne contos desse autor temática e cronologicamente. O segundo volume traz doze contos com a temática adultério e ciúme: “Confissões de uma viúva moça” (1865); “A mulher de preto” (1868); “Ernesto de Tal” (1873); “O relógio de ouro” (1873); “Singular ocorrência” (1883); “Noite de almirante” (1884); “A carteira (1884); “D. Paula” (1884); “A cartomante” (1884); “Uns braços” (1885); “Mariana” (1891) e “Missa do Galo” (1894).

Essa foi a primeira vez que entrei em contato com a escrita do autor. Confesso que eu acreditava que iria encontrar uma linguagem rebuscada e extremamente difícil de entender, mas muito pelo contrário: a escrita é relativamente simples e de fácil compreensão.

Os textos que eu mais gostei foram “O relógio de ouro” (1873) e “A cartomante” (1884). Vou deixar aqui o link para ambos os contos, porque são leituras que valem muito a pena.

Lembrando que esses foram os melhores para mim, mas todos eles são muito bons.

Espero que tenham gostado do resenha!

Até a próxima!

PS.: Vocês têm alguma dica de livro para começar a ler clássicos brasileiros? Se sim, digam nos comentários, por favor! Eu preciso conhecer mais a literatura nacional!

Anúncios

9 comentários sobre “Resenha: “Contos de Machado de Assis – Vol. 2 – Adultério e Ciúme”

  1. Ótima resenha, li pouco do Machado, gostei da dica. Sobre clássicos nacionais gostei muito de Capitães de areia do Jorge Amado e Vidas Secas do Graciliano Ramos (esse tem resenha). bjs

    Curtido por 1 pessoa

  2. Eu vi alguns contos do Machado nesse semestre na faculdade, inclusive o meu trabalho final será sobre “A Cartomante”, mas outro conto muito bom é “A causa secreta” que lembra muito os contos do Edgar Allan Poe (“O gato preto” e “O barril de Amontillado”). Sugiro pra vc Jorge Amado “Capitães de areia”, “Vidas secas” do Graciliano Ramos e “A hora da estrela” da Clarice Lispector” tenho certeza que irá amar, como eu, rs bjos

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s