Retrospectiva Literária 2015

Oi, gente!

O ano está acabando e por isso decidi fazer uma retrospectiva das minhas leituras de 2015. Eu já tinha feito um TOP 5 com os livros favoritos do ano, mas depois percebi que deixei de comentar sobre muitos dos livros que eu gostei.

Vou responder aqui algumas categorias que o blog Pensamento Tangencial propôs. São 27 itens no total, por isso vou tentar ser breve em cada um, ok?

1 – A aventura que me tirou o fôlego: 

“Maze Runner: Correr ou Morrer”, escrito por James Dashner.

2 – O terror que me deixou sem dormir:

“O Iluminado”, escritor por Stephen King ❤ (resenha aqui).

3 – O suspense mais eletrizante:

“E Não Sobrou Nenhum”, escrito pela (incrível, maravilhosa, perfeita) Agatha Christie ❤

4 – O romance que me fez suspirar:

“Como Eu Era Antes de Você”, escrito pela Jojo Moyes (resenha aqui).

5 – A fantasia que me encantou:

“Uma Chama Entre As Cinzas”, escrito pela Sabaa Tahir (resenha aqui).

6 – A saga que me conquistou:

A trilogia “As Peças Infernais”, escrito pela Cassandra Clare. Ainda não terminei de lê-la (estou quase terminando o segundo livro), mas até agora estou gostando da leitura.

ATUALIZAÇÃO: Terminei de ler “Príncipe Mecânico” e gostei bastante!

7 – O clássico que me marcou:

“O Morro dos Ventos Uivantes”, escrito pela Emily Brontë, pois foi esse livro que me despertou a vontade de ler clássicos.

8 – O livro que me fez refletir:

“Fahrenheit 451”, escrito por Ray Bradbury ❤ (resenha aqui).

9 – O livro que me fez rir:

“Marley e Eu”, escrito por John Grogan.

10 – O livro que me fez chorar:

Nenhum me fez realmente chorar, mas um livro cuja história é bem triste é “Vidas Secas”, escrito pelo Graciliano Ramos.

11 – O livro que me decepcionou:

“O Cão dos Baskerville”, escrito por Sir Arthur Conan Doyle. Eu gostei do mistério do livro, mas achei a narrativa um pouco lenta. Vou tentar mais uma vez ler Sherlock Holmes próximo ano, fiquei bastante animada com a amostra que li de “Um Estudo Em Vermelho” no site da editora.

12 – O livro que me surpreendeu:

“Objetos Cortantes”, escrito pela Gillian Flynn.

13 – O livro que devorei:

“A Garota no Trem”, escrito pela Paula Hawkins (resenha aqui).

14 – O livro que abandonei:

Não abandonei nenhum livro esse ano 🙂

15 – A capa que amei:

“A Seleção”, escrito pela Kiera Cass. Confesso que não sou muito fã da série, mas as capas são realmente lindas!

16 – O thriller psicológico que me arrepiou:

“Garota Exemplar”, escrito pela Gillian Flynn.

17 – A frase que não saiu da minha cabeça:

Não tem como se esquecer da primeira frase de “Orgulho e Preconceito”.

“É uma verdade universalmente conhecida que um homem solteiro que possua grande fortuna deve estar à procura de uma esposa.”

18 – O(a) personagem do ano:

Hercule Poirot ❤

19 – O casal perfeito:

Elizabeth Bennet e Sr. Darcy ❤

20 – O(a) autor(a) revelação:

Agatha Christie, Stephen King e Jane Austen ❤

21 – O(a) autor(a) que mais esteve presente entre as minhas leituras:

Agatha Christie ❤

22 – O gênero literário que mais li:

Acho que foram livros policiais e de mistério.

23 – O gênero literário que preciso ler mais:

Li uma quantidade razoável de clássicos esse ano (levando em conta que eu não lia quase nada desse gênero, claro), mas acho que clássicos nunca são demais, certo? 😉

24 – O melhor livro nacional:

Li um livro de contos do Machado de Assis (mini-resenha aqui) e o texto que eu mais gostei foi, sem dúvida, “A Cartomante”.

Outro livro nacional que li foi “O Vilarejo”, escrito pelo Raphael Montes, e gostei bastante também (resenha aqui).

25 – O melhor livro que li em 2015:

Impossível escolher um! Fiz um TOP 5 de livros favoritos de 2015, quem ainda não viu dá uma conferida aqui.

26 – Li em 2015 … livros:

Até agora li 49 livros, mas possivelmente terminarei outro antes do fim do dia. Qualquer coisa atualizo o post.

ATUALIZAÇÃO: Concluí a leitura de outro livro, então são 50 livros lidos no ano 🙂

27 – A minha meta literária para 2016 é:

Conhecer novos autores, ler mais clássicos e mais livros da Agatha Christie e do Stephen King.


Muito obrigada a todos que acompanharam “Meu Diário de Leitura” esse ano! Foi ótimo trocar opiniões sobre livros com vocês!

E não se esqueçam de dar uma olhada nos outros blogs que também participaram da Retrospectiva Literária 2015 (link aqui).

Um beijo e que 2016 venha com tudo!

TOP 5: Livros Favoritos de 2015

Oi, gente!

O ano já está acabando, então hoje decidi listar minhas melhores leituras de 2015. Provavelmente vocês já sabem quais são, porque eu sempre tento recomendá-las nas tags, mas essa é só uma maneira de deixar registrado.

1 – “Assassinato no Expresso Oriente” – Agatha Christie ❤

Eu acho que já comentei sobre os livros da Agatha Christie umas mil vezes aqui no blog e fora dele também, hehe! Esse livro irá mostrar as investigações do famoso detetive Hercule Poirot ( ❤ ) para descobrir quem assassinou um dos passageiros do Expresso Oriente. Essa história é viciante, e não é à toa que seja uma das obras mais conhecidas da autora.

2 – “Orgulho e Preconceito” – Jane Austen ❤

Gente, eu não sei explicar como esse livro é incrível ❤ Os diálogos são repletos de ironia e críticas à sociedade da época! Super recomendo essa leitura! Para saber mais, acessem a  resenha que eu fiz recentemente aqui no blog.

3 – “Toda Luz Que Não Podemos Ver” – Anthony Doerr ❤

Outro livro que vocês devem estar cansados de tantas recomendações que já fiz… “Toda Luz Que Não Podemos Ver” se passa durante a Segunda Guerra Mundial e irá contar a história da francesa Marie-Laure e do alemão Werner, que terão seus destinos cruzados em dado ponto do livro. Essa história é simplesmente perfeita ❤ Leiam, por favor!

4 – “It – A Coisa” – Stephen King ❤

Eu amei esse livro ❤ Ele irá contar a história de um grupo de amigos que tentam deter a Coisa, uma criatura que vem causando pânico na pequena cidade de Derry. Já fiz resenha dele aqui no blog, se quiserem dar uma olhada cliquem aqui.

5 – “O Morro dos Ventos Uivantes” – Emily Brontë ❤

Li esse livro no início do ano e me apaixonei pela história ❤ “O Morro dos Ventos Uivantes” irá contar a história de Heathcliff e Catherine, amigos de infância que vivem uma paixão proibida. Contudo, ambos são obrigados a se separarem, provocando a ira de Heathcliff, que planeja vingança. Há uma palavra que define essa leitura para mim: instigante. A todo momento desejamos saber o que acontece com cada personagem. Super recomendo para aqueles que, assim com eu, desejam começar a ler clássicos!


Bem, foi isso!

Desejo um feliz Natal a todos! Que 2016 seja um ano de ótimas leituras, hehe!

Até a próxima!

TOP 5: Personagens literários fofos

Oi, gente! O TOP 5 de hoje é de personagens fofos dos livros.

1 – Bilbo Bolseiro

Não tem como não amar esse personagem! Bilbo Bolseiro é um hobbit comum, vive no Condado e adora comer. Até que, certo dia, ele é levado a participar de uma aventura para derrotar o dragão Smaug e recuperar a Montanha Solitária. Ah, e eu simplesmente AMEI a interpretação do Martin Freeman nos filmes!

2 – Dobby

Tem como não sentir pena desse elfo doméstico? Ele é TÃO fofinho ❤

3 – Bruno

Minha terceira escolha é o Bruno, de “O Menino do Pijama Listrado”. É tão linda a inocência dele e a amizade que ele faz com o judeu Shmuel! Super recomendo tanto o livro quanto o filme, mas esteja preparado para chorar muito, MUITO mesmo!

4 – Rue

Participante mais nova da 74ª edição dos Jogos Vorazes, essa garota do Distrito 11 conquistou todos os leitores da trilogia. Quem não se emocionou com a cena na qual Katniss canta para ela?

5 – Danny Torrance

E por último, mas não menos importante: Danny, de “O Iluminado”. Esse garotinho de apenas seis anos tem que lidar com visões assustadoras e macabras e, além disso, a descrença de seus pais. É incrível a maturidade que ele apresenta ao longo da história! Mesmo com os traumas, ele não perde a inocência e continua a ajudar sua família.


Bem, foi isso! Espero que tenham gostado do TOP 5 de hoje!

Ah, e não se esqueçam de comentar sobre os personagens literários mais fofos que vocês conhecem. Adorarei saber!

Até a próxima!

TOP 5: Livros para ler em um dia

Oi, gente! Hoje eu trouxe 5 dicas de livros curtos que valem super a pena!

OBS.: Não estão necessariamente em ordem.

1 – “E Não Sobrou Nenhum…”

“E Não Sobrou Nenhum” – também conhecido como “O Caso dos Dez Negrinhos” – vai contar a história de dez pessoas, que aparentemente não têm nada em comum, convidadas para passar alguns dias numa ilha. Mas logo elas percebem que estão correndo perigo e vão fazer de tudo para fugir desse lugar. Gente, esse livro é simplesmente INCRÍVEL! Não dá pra parar de ler até a última página!

2 – “A Probabilidade Estatística Do Amor À Primeira Vista”

Hadley se atrasa quatro minutos para um voo e acaba conhecendo Oliver, um britânico muito fofo que a acompanha durante toda a viagem para Londres. Esse livro é muito fofo! A narrativa é fluída e a história tem tudo na medida certa. E mais: vai virar filme!

3 – “Fahrenheit 451”

Como seria um mundo onde os livros são proibidos? Essa é a premissa de “Fahrenheit 451”. Ao longo da história, acompanhamos a vida do bombeiro Montag, que passa a se questionar sobre esse cenário em que vive. Gente, esse livro é muito bom! Já fiz uma resenha sobre ele aqui no blog, quem quiser dar uma olhada…

4 – “A Garota no Trem”

Essa leitura é fantástica, sério! Não vou falar muito mais sobre ela aqui, porque fiz uma resenha recentemente, mas acreditem: não dá pra largar o livro até o final!

5 – “O Menino da Lista de Schindler”

Essa é uma biografia de Leon Leyson, o menino mais novo a ser salvo pelo alemão Oskar Schindler. A escrita é fluída e envolve o leitor desde a primeira página, tornando essa leitura acessível a todos. Eu gostei bastante desse livro e, apesar de ser curto, é comovente a maneira como esse homem sofreu desde criança para sobreviver.


Bem, essas foram minhas indicações.

Se conheceram algum livro curto muito bom, recomendem aqui nos comentários.

Até a próxima!

TOP 5: Professores da ficção + Educação brasileira

Para homenagear esse profissional tão importante para nossa formação, eu trouxe hoje uma lista com cinco professores da ficção.

1 – Alvo Dumbledore

Não tinha como deixar de colocá-lo nessa lista. Dumbledore já foi professor de Transfiguração em Hogwarts antes de se tornar diretor e sempre orientou seus alunos e os ajudou nos momentos difíceis, principalmente ao Harry.

“São as nossas escolhas que revelam o que realmente somos, muito mais do que as nossas qualidades.” 

Alvo Dumbledore

2 – Professora Honey

Matilda vivia numa família que a ignorava completamente, mas foi com a Professora Honey que ela encontrou carinho e atenção.

3 – Remo Lupin

Sem dúvida, esse foi outro professor que marcou a trajetória de Harry em Hogwarts, ajudando-o a tirar muitas dúvidas sobre seu passado. Sem falar que foi o melhor da matéria de Defesa Contra as Artes das Trevas.

4 – Professor Girafales

Com certeza é um dos professores mais conhecidos da ficção. Aliás, precisou ter muita paciência para dar aulas àqueles alunos.

5 – Severo Snape

Eu sei que ele não foi um bom professor, principalmente para Harry. Mas depois de descobrir um pouco sobre o passado dele, acabei ficando com pena e não pude deixá-lo de fora dessa lista.


Por último, gostaria de parabenizar a todos os professores nesse 15 de outubro. Fico muito triste com a realidade dessa profissão em nosso país, de verdade. Não estou falando só do salário, mas da desvalorização; do desrespeito por parte dos alunos; dos pais, que acham que a tarefa de educar seus filhos é unicamente da escola, quando ela é na verdade um complemento à educação que essas crianças têm em casa.

Acho que todos os profissionais da área merecem uma condição de trabalho melhor e mais reconhecimento pela sua dedicação.

Deixo aqui minha sincera insatisfação com o desrespeito aos professores. Lembrem-se: sem eles, não haveria nenhuma outra profissão!

TOP 5: Personagens literários masculinos

Oi, gente! Hoje eu trouxe uma lista com cinco dos meus personagens masculinos favoritos dos livros.

OBS.: Não estão necessariamente na ordem.

1 – Hercule Poirot

Sendo protagonista da maioria das obras de Agatha Christie, esse detetive belga me conquistou já nos primeiros livros que li da autora! Ele é organizado e metódico, conhecido também pelo seu bigode e por utilizar suas “células cinzentas” para resolver os mais diversos casos.

2 – Rony Weasley

Leal e companheiro, Rony foi fundamental para a longa jornada de Harry. Ele sempre foi atrapalhado e medroso e nutria uma paixão pela amiga Hermione, mas era orgulhoso demais para admitir. E quando eles FINALMENTE ficaram juntos, eu fiquei muito contente (e tenho certeza de que não fui a única)!

3 – Mr. Darcy

De início pode parecer extremamente arrogante, mas conquistou muitos corações (incluindo o meu) com sua beleza, seu amor pela Elizabeth Bennet e, principalmente, seu sotaque britânico (hahaha!).

4 – Jace Wayland

Foi com ele que eu descobri que gosto de personagens sarcásticos. Jace é um ótimo Caçador de Sombras, bonito e muitas vezes arrogante. Mas não se engane! Por trás de seu orgulho, se esconde uma boa pessoa que se preocupa com seus amigos e faria de tudo para protegê-los.

5 – Finnick Odair

E por último, mas não menos importante, eu escolho Finnick de Jogos Vorazes. Bonito, talentoso, apaixonado, engraçado e, além de tudo, também apresenta suas fraquezas. Isso tudo me fez tê-lo como personagem preferido da trilogia.

Foi isso, gente. Espero que tenham gostado!

Até a próxima!

TOP 5: Personagens femininas da ficção

Hoje eu irei fazer uma lista com as minhas cinco personagens femininas favoritas, seja de livros, filmes ou séries de TV.

Não estão em ordem, apenas as coloquei aleatoriamente.

1 – Elizabeth Bennet

É a segunda filha mais velha da família Bennet. Adora ler, tem uma personalidade marcante, não quer ter casamento arranjado e é uma mulher independente para a sua época. Só isso já me faz tê-la como uma de minhas personagens favoritas.

2 – Katniss Everdeen

Sua força, determinação, amor pela família, tudo isso a torna uma das personagens femininas mais marcantes da atualidade. Mesmo tendo passado por muitas dificuldades, ela continuou lutando.

3 – Emily Thorne (Revenge)

Emily Thorne (ou Amanda Clarke) viu sua família ser arruinada por um crime que seu pai não cometeu. Quando completou a maioridade, foi atrás das pessoas responsáveis pela prisão injusta de seu pai, em busca de vingança. Mais um exemplo de mulher forte e determinada!

5 – Luna Lovegood

Luna é espontânea e não liga para o que as outras pessoas pensam dela. Mesmo sendo considerada louca pelos outros alunos de Hogwarts, ela mostrou que é uma garota forte e inteligente!

5 – Marie-Laure (“Toda luz que não podemos ver”)

Para o número 5, eu iria escolher Hermione Granger, mas pensei melhor e tentei ser um pouco mais original. Escolhi a francesa Marie-Laure, do livro “Toda luz que não podemos ver”, que perde a visão aos seis anos de idade. Com a ajuda do pai, ela aprende a lidar com essa dificuldade, mostrando que é uma menina determinada e capaz.